quinta-feira, fevereiro 16, 2006

BOERS' TAWNY

"A Comissão autorizou hoje a comercialização pela África do Sul de vinhos com as designações "Vintage", "Tawny" e "Ruby", acabando assim com as menções tradicionais exclusivas até agora do Vinho do Porto...

...as empresas de Vinho do Porto vão quinta-feira escrever novamente à Comissão Europeia e insistir no pedido feito em Dezembro de financiamento, com 10 milhões de euros, da promoção de campanhas de esclarecimento que expliquem aos consumidores norte-americanos "que existe uma região demarcada e um terreno onde se produz este vinho"...

"Deixou de ser possível à África do Sul exportar e vender vinho com a denominação Port e isso é claramente positivo para Portugal em termos de comercialização do Vinho do Porto", defendeu Jorge Monteiro."

I. Uma indústria descurada durante décadas.
II. Subsídios para fazer à pressa o que não se fez de forma sustentada.
III. A exaltação do proteccionismo versus uma estratégia de propriedade intelectual coerente.

Portugal no seu melhor.

-MB-